quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Deixamos de sermos “nós” para ser eu e você.
Você quase não me liga mais. Raramente vem me ver. Repentinamente perdeu interesse por tudo que tem a ver comigo.

Eu tenho percebido você se distanciar cada vez mais de mim e essa angustia de te esperar está acabando comigo. Esperando que me ligue ou que venha me ver. Esperando de hora em hora na frente do portão para ver se você chega, afinal já estava acostumada com o barulho de seus passos.
Sua expressão também não é mais a mesma de antes. Assim como o seu beijo também não é mais o mesmo. Sabe, não é mais intenso.
 
 
Eu não sei quando foi, mas eu já sei que te perdi. Você pode considerar isso como sexto sentido de mulher. Não tente entender. “Sexto sentido não faz sentido”. Luis Fernando Verissimo adiantou isso.
 
 
Tento me lembrar aonde foi que eu errei, ou melhor, aonde foi que nós erramos. E me vem em mente milhares de brigas bobas e de palavras ásperas, que não nos levaram a nada e só formaram feridas que permaneceram abertas pelas magoas que viemos acumulando com o tempo, um pelo outro.
 
 
Então eu tive vontade de voltar atrás e de concertar o que acabou com o amor que a gente sentia, mas algo me diz que já não tem mais jeito. Nesse momento senti o meu coração aos pedaços.

Você tem medo de dizer o que nós dois já sabemos e para não me ver chorar, simplesmente some.
 
 
Aprendi que os homens somem quando não tem coragem de dizer “eu não te quero mais”.
 
 
Aprendi também que homens não resistem a um apelo feminino com voz manhosa assim:
 
 
 - Amor você vem me ver?
 
 
Quem sabe se a gente conversasse poderiamos nos entender?
 
 
Eu ia te pedir para ficar comigo só mais essa noite porque não quero ficar sozinha e você sabe que eu não gosto de não ter como aquecer meus pés totalmente gelados.


Só que depois tudo seria igual novamente. E ambos sabemos que a situação ficaria cada vez pior até que acabariamos nos detestando.
 
 
E por falar nisso, te detesto quando lembro que mentiu sobre me amar para sempre. Detesto mais ainda pela sua covardia em dizer que nada do que tenha dito antes faz sentido agora. Porque o sentimento acabou e é tudo, ou melhor, e é só.

Um comentário:

Caranguejúnior disse...

Olá Jessica! Obrigado pelas palavras em meu blog...

"Um passo a frente, e você não está mais no mesmo lugar" parta para outro, dê um passo a frente.

Beijo!